Problemas oculares na infância. Como saber?

Problemas oculares na infância. Como saber?
Imagem Freepick

Quando nasce um bebê, os seus olhos ainda estão em desenvolvimento e não conseguem identificar completamente o que esta ao seu redor.

Com cerca de dois meses, os bebês conseguem seguir focos de luz com os olhos e, aos seis meses, a criança já fixa o olhar e responde aos estímulos visuais. Nessa fase da vida, é importante que os pais fiquem atentos à evolução dos pequenos e que procurem rapidamente o pediatra caso algo estranho seja notado.

Como identificar problemas de visão

Ao ser identificado e tratado precocemente, a criança tem grandes chances de desenvolver uma visão normal, por isso é importante ficar atento a alguns sinais que são:

  • Estrabismo claramente visível e permanente
  • Olhos visivelmente grandes
  • Se incomodar com a luz ou não responder à luz
  • Esfregar demais os olhos com os dedos fazendo caretas
  • Girar os olhos sem estar olhando diretamente para algo
  • Perda de objetos que a criança está segurando

Em crianças mais velhas, os problemas de visão podem também ser evidenciados nas seguintes situações:

  • A criança frequentemente tropeça ou bate nos móveis
  • Problemas de visão aumentados com poeira ou no escuro
  • Queda repentina das notas na escola
  • A criança não gosta de ler
  • Aperta os olhos para enxergar
  • Falta de concentração em sala de aula
  • A criança se isola de outras crianças
  • Dores de cabeça recorrentes também podem ser um sinal de problemas de visão

Caso perceba algum desses sintomas em seus filhos agende rapidamente uma consulta ao oftalmologista.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
PRONTO ATENDIMENTO
Close Panel